blog lifestyle

be free curls

Um dos momentos mais marcantes e especiais de 2015 foi quando eu finalmente me libertei da química e fiz o tão esperado “grande corte” ou como nós cacheadas estamos acostumadas a dizer Big Chop, foi nas minhas férias e foi uma sensação maravilhosa ver os meus cachinhos ali de volta depois de onze meses esperando meu cabelo crescer! E durante esses onze meses de espera aprendi algumas coisas que quero compartilhar com você, que talvez também esteja nesse processo de transição capilar e precisa de uma força para passar por essa fase!

1. Só você sabe qual é a forma certa de passar pela transição! 

Parece ser uma coisa simples né ? Mas não é…Acontece que vai ter um milhão de pessoas que vão te dizer o que você deve fazer e como fazer. Sério. Só que não existe formula perfeita para se passar por uma fase tão difícil quanto essa. Quando estamos no período da transição ficamos super sensíveis porque a gente fica um pouco sem saber como lidar com as duas texturas do cabelo (a raiz cacheada e as pontas lisas), e não importa COMO você decida de que jeito vai passar pela transição sempre vai ter uma pessoa para criticar. Não importa se você vai passar pela transição fazendo chapinha, prendendo o cabelo, fazendo babyliss, texturização, não importa…Alguém não vai concordar com a sua maneira de fazer as coisas! Mas menina, amiga (vejo você como minha amiga) SÓ VOCÊ SABE QUAL É A FORMA CERTA de passar pela transição! SÓ VOCÊ! E, só você sabe o que é bom para você!digitalizar0021

99,99% Do tempo era o rabo de cavalo que me salvava e  foi por ele que eu optei por passar a maior parte da transição! E acredite muita gente implicava porque eu prendia ele mesmo um pouco molhado 🙁 infelizmente não dá para pentear o cabelo cacheado seco, ia ficar uma feiura e ainda ia doer 🙁

2. Só você sabe o tempo certo para fazer o seu big chop

Esse assunto é tão complicado de escrever. Até hoje lembro das pessoas falando “corta logo” e algumas “você não deveria cortar agora”. Gente…Não façam isso, não entrem nessa neurose que as pessoas colocam na sua cabeça! Só você sabe qual é o momento certo para fazer o seu big chop. Se for daqui a um mês : ÓTIMO, mas e se for daqui a dois anos ? É ótimo também, porque você é que tem que escolher qual vai ser o momento certo. Vamos lembrar de uma coisa ? A gente passa por todo esse tempo para se sentir bem. Bem consigo mesmo, bem com seu cabelo, bem com quem você É de verdade! Então, não deixe que as pessoas simplesmente te digam qual é a hora certa de fazer seu big chop! Faça quando você sentir no SEU CORAÇÃO, que é o momento certo!

Eu demorei onze meses para cortar meu cabelo, porque eu fiz um propósito para mim de que queria cortar nas minhas férias, por motivos pessoais. Durante esse tempo, eu ouvi muito “corta logo”, e não é que eu tinha medo de cortar, eu simplesmente não queria. Então, se você coloca uma coisa na sua cabeça SEJA A TEIMOSA que vai cumprir ok ? Só você sabe o que é melhor pra ti. ♥

befreecurls

3. Às vezes um penteado ou a texturização pode salvar seu dia.

Todo final de expediente do meu trabalho era a mesma coisa, eu tirava o rabo de cavalo e prendia o meu cabelo em um coque meio desordenado e ia embora assim (com um cabelo de maluca que nem minhas amigas me chamavam), mas acontece que às vezes você simplesmente tá de saco cheio de fazer aquilo que você faz sempre, e só quer tentar algo diferente. Então quando vier essa vontade, faça! Teste, use, abuse, ouse. Não pense nos que as pessoas vão pensar de você, simplesmente teste. Você tem que saber o que funciona para você e o que não funciona. Eu sempre quis usar vários turbantes, mas simplesmente não funciona para mim, no meu trabalho não deixavam, e tenho poucos lenços hahaha, mas se tem uma coisa que eu sou boa é em fazer  penteados! Então quando eu saia com meu namorado, ou com minha mãe, ou ia fazer qualquer outra coisa que não precisava usar o rabo de cavalo (na verdade o rabo de cavalo era só para o trabalho), eu gostava de fazer penteados! E até fiz algumas texturizações também!

O importante é você tem que testar tudo o que estiver ao seu alcance. Inove, você só vai saber o que é bom e o que funciona para você depois que você tentar, não é mesmo ? 😀

befreecurls02

befreecurls03

4. Algumas pessoas são malvadas mesmo!

Acontece que algumas pessoas são realmente malvadas mesmo e falam coisas que vão te deixar triste. Mas não desista de tudo por causa de alguns comentários idiotas! Lembre-se de quem você é e o porque de você está passando por isso. Todo o processo de transição é uma coisa mágica, porque dá um clique em você para o mundo. Você está se aceitando da forma que você é. Você é assim! E você é linda por isso. Se aceitar gera várias outras mudanças dentro de você, sobre como você via o mundo de outra forma. Acredite, aconteceu comigo. Passei a me informar tanto sobre outros assuntos depois que decidi ter o meu cabelo cacheado de volta, que eu nem pareço mais aquela menina do começo da transição. Então mesmo, que sua mãe, seu namorado comente algo bobo que te deixe triste, não desista. Lembre que você esta fazendo isso por você. E tem horas que devemos ignorar o que as pessoas falam.

Se alguma pessoa falar alguma coisa realmente ruim para você durante esse período, simplesmente não responda de maneira malvada de novo. Lembre gentileza gera gentileza, mostre que você não gostou do comentário de forma educada e simplesmente siga em frente!

5. Deixe de lado a neurose das duas texturas 🙂

Acontece que em alguns momentos eu simplesmente não estava afim. Porque não sou obrigada a estar afim de nada. Simples. Não estava afim de prender meu cabelo em um super rabo de cavalo apertado, não estava afim de fazer texturização, não estava afim de fazer penteado. Eu simplesmente queria ficar sem fazer nada e deixar meu cabelo do jeito que ele era. E acredite, eu saia na rua assim. Eu sei que tem pessoas que simplesmente não querem, não gostam e não vão fazer isso. Mas uma coisa é fato : Uma hora você vai ter que tocar no seu cabelo natural, cuidar dele, fazer massagem, e ver como ele é…Olhar-se no espelho de vez em quando durante esse processo vai fazer você entender sua própria natureza. Então mesmo que você não faça a louca que nem eu fiz, é importante que você tire um tempo, nem que seja em casa, sozinha, sem ninguém do seu lado, para OLHAR PARA SI. Ver seu cabelo, sentir a nova textura de cabelo que está crescendo de você. Amar-se nesse momento e dizer “Oi cachinho que está crescendo, eu já te amo, seja bem vindo”. Parece idiota mais funciona. Acredite. 🙂

Momentos em que eu simplesmente não estava afim \/

IMG_4098edity03 IMG_5039

Isso tudo para dizer que eu criei uma Hastag para compartilhar nossas histórias! Então se você está passando pela transição capilar, já passou, fez o seu big chop, e quer compartilhar sua história com outras meninas, e fazermos esse círculo de amizade é só usar #befreecurls e #cachoslivres no instagram que eu vou querer saber e ler sua história! Vamos fazer esse vínculo de força para que todas nós nos apoiemos! Ok ? Quero ver vocês usando e me contando a histórias de vocês!

Desculpa o tamanho do post, sei que ficou bem grande! Mas foi com amor. Um super beijo :*

Com amor,
Clara Rocha ?

ENVIE POR WHATS APP TWEET ESSE POST SALVE NO PINTEREST POSTE NO FACEBOOK
esse post trata de:

Leia esses também

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

22 Comments

ENCONTRE-NOS

clararocha.cc leuxclair pinterest youtube